Notícias

Notícias (184)

No âmbito das visitas realizadas pelo Ministro da Educação, as diferentes escolas do país, Olinto Daio, visitou na tarde desta segunda feira o Liceu de Conde, a escola de Desejada, o jardim de Bôbô Forro e a escola básica de Bôbô Forro onde foi reabilitada a cantina. Esta visita teve como foco principal a avaliação do estado das construções que foram projectadas para o início do ano lectivo uma vez que este se avizinha. Na entrevista, o ministro da Educação frisou a importância da visita antes do arranque do ano lectivo para que não haja “inconvenientes no inicio do ano lectivo”. De acordo com as construções e reabilitações, é perceptível a responsabilidade e a “capacidade do governo em solucionar os problemas da educação”- salientou o titular da pasta da educação.

 

 

O Gabinete do Ensino Especial promove Acção de Formação no âmbito das necessidades educativas especiais\área da deficiência visual, sistema de leitura e escrita braille destinada aos docentes do (1º) ciclo do Ensino Básico,  da Pré-Escolar, supervisores,  orientadores pedagógicos, técnicos do Gabinete do Ensino Especial e  ainda membros da ACASTEP.

De acordo com Celnaine Vera Cruz, directora do gabinete do Ensino Especial, o MECCC tem uma políctica de inclusão para todas as crianças são-tomenses. " Estando o MECCC preocupado em dar resposta, ou seja inserir as crianças com necessidades educativas especiais de forma a dar uma justa e efetiva igualdade de oportunidades no acesso, permanência e sucesso escolar, decidiu-se realizar essa formação para que os professores pudessem estar munidos de ferramentas para dar cobertura a esta demanda que terá início no próximo ano lectivo."

O meccc está a trabalhar no sentido de dar uma justa e efetiva igualdade de oportunidades no acesso, permanência e sucesso escolar, incluindo crianças e jovens com Necessidades educativas especiais, e o conhecimento dos docentes é o factor chave para essa conquista.

A formação tem duração de 10 dias e os formandos terão uma função multiplicadora a nível Nacional. Essa formação será uma oprtunidade de partilha de ideias, práticas e  "contribuirá para adoção de políticas educativas inclusivas" no país, salientou a directora. 

Segundo Vitorino Ramos,  formador, esta acção de formação tem suas vantagens e vê com bons olhos a iniciativa. " ... deixar tudo que eu trouxe aqui com os formandos para que posteriormente no próximo ano lectivo eles possam dar uma melhor atenção e estar melhor preparados para questões de pessoas com necessidades educativas especiais".

Eugénia Neto, formanda, disse que "esta formação tem um ganho muito importante", e Octávia Carvalho, também formanda, frisou a necessidade desta acção "é uma iniciativa importante que vem para acolher crianças com necessidades educativas especiais " .

Ministério da Educação, em parceria com a UNICEF envidando  esforços para formar docentes.  



Em cumprimento do Despacho n°.44-A/GMECCC/2015, de sua Excelência o Ministro da Educação, Cultura e Ciência, a Direcção Geral do Ensino Superior e Ciência faz saber aos interessados que está aberta candidatura às vagas ao ensino superior público português através de Regime Especial de Acesso para frequência de curso de licenciatura no ano lectivo 2018/2019.

Os candidatos interessados não podem ter idade superior a 23 anos. As candidaturas devem ser entregues na Direcção Geral do Ensino Superior e Ciência (para os candidatos residentes em São Tomé e Príncipe) e na Embaixada de São Tomé e Príncipe em Lisboa/Portugal (para os candidatos residentes em Portugal), até ao dia 24 de Julho do corrente ano. Os candidatos que pretendem frequentar as áreas de saúde e arquitectura deverão ter em consideração os pré-requisitos das respectivas áreas. O processo de candidatura deverá ser instruído mediante a apresentação dos seguintes documentos:

• Ficha de pré-candidatura que poderá ser adquirida na DGESC ou na Embaixada acima citada;

• Cópia autenticada a comprovar mediante à apresentação do respectivo original do certificado de conclusão de 12° ano de escolaridade com nota/média igualou superior a 12 valores para os que concluíram o 12° ano no ensino geral e 14 valores para os que concluíram o 12° ano de uma formação profissional ou similar. Os candidatos titulares de formação profissional ou equivalente só poderão candidatar-se numa perspectiva de continuidade, isto é, a cursos da mesma área da formação profissional;

• Comprovativo de que possui a nacionalidade são-tomense, mediante apresentação da fotocópia de bilhete de identidade ou passaporte válido devidamente autenticado;

• Cartão de residência válido, para os candidatos residentes em Portugal;

• Declaração devidamente reconhecida, comprovativa de que não possui a nacionalidade portuguesa. Os estudantes que possuírem igualmente a nacionalidade portuguesa (dupla nacionalidade), só poderão candidatar-se se tiverem concluído, após frequência de pelo menos dois anos lectivos, o curso de ensino secundário em São Tomé e Príncipe, conforme consta na legislação portuguesa alínea c) do n". 1 do artigo 14° do decreto-lei n." 393-A/99 de 02 de Outubro;

• Uma (1) fotografia tipo passe;

• Declaração de assunção de responsabilidade financeira emitida pelo estudante ou pelo seu encarregado de educação com assinatura reconhecida;

• Prova de meio de subsistência do responsável financeiro.

Informações adicionais poderão ser obtidas na Direcção Geral de Ensino Superior e Ciência e ou na Embaixada de São Tomé e Príncipe em Lisboa/Portugal nos horários normais de funcionamento.

Nota 1: Os candidatos dos cursos profissionais, cursos do ensino artístico especializado e cursos vocacionais têm de realizar o exame final nacional de português e outro exame à escolha de entre os que são oferecidos para os vários cursos científico-humanísticos;

Nota 2: Os candidatos que concluíram através do ensino geral deverão apresentar a equivalência do 12° ano do ensino português;

Nota 3: A Direcção Geral de Ensino Superior e Ciência e a Embaixada de São Tomé e Príncipe em Portugal não receberão qualquer candidatura fora de prazo legal ou que tenha documentos em falta;

Nota 4: Toda a candidatura entregue na Embaixada de São Tomé e Príncipe em Portugal deverá posteriormente ser acompanhada por um representante legal junto da Direcção Geral de Ensino Superior e Ciência.

A Direção Geral do Ensino Superior e Ciência do Ministério da Educação, Cultura e Ciência, vem pela presente informar a todos os interessados que está aberta até ao dia 30 de julho de 2018, inscrições para vagas de licenciatura, cursos de especialização tecnológica, cursos técnicos superiores profissionais e mestrado oferecidas pelo Instituto Politécnico de Bragança (IPB) no ano letivo 2018/2019.

Para efeito de candidatura são necessários os seguintes documentos:

 • Certidão de habilitação do 12º ano em original para o nível de licenciatura ou cursos de especialização tecnológica;

• Certificado ou diploma devidamente autenticado no notariado;

• Fotocópia de passaporte autenticado no notariado;

• Fotocópia de bilhete de identidade válido autenticado no notariado;

• Declaração de assunção de responsabilidade financeira emitida pelo estudante ou pelo seu encarregado de educação com assinatura reconhecida;

• Prova de meio de subsistência do responsável financeiro;

• Declaração do estudante internacional assinado;

• Curriculum Vitae devidamente assinado;

• Formulário de inscrição devidamente preenchido e assinado.

As inscrições deverão na Direção Geral do Ensino Superior e Ciência no horário normal de expedientes.

 Para mais informações e esclarecimentos os interessados deverão se dirigir a Direção Geral do Ensino Superior e Ciência e para a escolha do curso poderão consultar o seguinte website: 

 http://portal3.ipb.pt/index…/…/guiaects/cursos/licenciaturas.

 A Direção Geral de Ensino Superior e Ciência do Ministério da Educação, Cultura e Ciência vem pela presente informar a todos os interessados que está aberta até ao dia 30 de julho, candidatura para duas (2) bolsas de estudo para frequência de curso de mestrado e duas (2) bolsas de estudo para frequência de curso de doutoramento oferecidas pelo Governo português para o ano letivo 2018/2019.

Para o efeito de candidaturas são necessários os seguintes documentos:

Ø Carta de aceitação ou certificado de matrícula no respetivo curso;

Ø Fotocópia de certificado ou diploma de conclusão de licenciatura devidamente autenticado;

Ø Fotocópia de bilhete de identidade válido autenticado;

Ø Registo criminal;

Ø Declaração da entidade empregadora, em S.Tomé e Príncipe, que ateste a utilidade da bolsa para a capacitação da própria entidade empregadora;

Ø Curriculum vitae atualizado;

Todas as candidaturas deverão ser entregues na Direção Geral do Ensino Superior e Ciência nos horários normais de expedientes até a data acima citada.

Nota 1: O candidato selecionado deverá custear o bilhete de passagem de ida e regresso.

Nota 2: Para mais informações e esclarecimentos os interessados deverão dirigir-se a Direção Geral do Ensino Superior e Ciência.

Nota 3: A Diereção Geral do Ensino Superior e Ciência tem como áreas prioritárias: Gestão de Hotelaria e Turismo; Ciências do Mar; Ciências Aeronáuticas; Ciência da Educação; Telecomunicações; Tecnologias de Informação; Administração Pública; Matemática Financeira; Arquitetura; Ciência do Trabalho e Relações Laborais; Engenharia Civil; Engenharia do Ambiente; Administração Escolar; Planeamento e Projeto Urbano; Mecânica Computacional; Bioestatítica; Ciência da Linguagem; Meteorologia, Hidrologia; Direito Marítimo; Direito da Família.

A Direção Geral do Ensino Superior e Ciência do Ministério da Educação, Cultura e Ciência vem pela presente informar a todos os interessados que está aberta até ao dia 11 de julho, candidatura para quatro (4) bolsas de estudo oferecidas pelo Governo português para frequência de curso de licenciatura em Portugal referente ao ano letivo 2018/2019.

Os candidatos não podem ter idade superior a 19 anos. Para o efeito de candidatura são necessários os seguintes documentos:

·         Fotocópia de certidão de habilitação de 10º, 11º e 12º ano concluído com média igual ou superior a 14 valores devidamente autenticado;

·        Fotocópia de Bilhete de Identidade válido autenticado;

·        Atestado de Residência;

·       Registo criminal;

·        Uma (1) foto tipo passe.

Nota 1: Os pais ou encarregados de educação dos candidatos selecionados deverão custear os bilhetes de passagens de ida e regresso.

Nota 2: Para mais informações e esclarecimentos os interessados deverão dirigir-se a Direção Geral do Ensino Superior e Ciência.

Nota 3: A Diereção Geral do Ensino Superior e Ciência tem como áreas prioritárias as seguintes: Turismo, Ciências do Mar, Ciências Aeronáuticas, Ciência da Educação, Telecomunicações, Tecnologias de Informação, Administração Pública, Finanças, Estatística, Gestão de Projetos, Criminologia ou Solicitadoria.

ATENÇÃO

Já estão abertas inscrições para o concurso público nacional às vagas para o exercício de docência nos ensinos básico e secundário e para educação de infância.

Para mais informações, aceda ao site :

A Escola Básica D. Maria de Jesus, sita na capital, acolheu na manhã desta sexta feira Olimpíada da Língua Portuguesa do Ensino Básico a nível nacional. Trata-se, pois, de uma iniciativa do Ministério da Educação, Cultura, Ciência e Comunicação, materializada pela Direcção do Ensino Básico, com o intuito de fomentar o gosto pelos estudos e melhorar o desempenho escolar dos alunos, no campo do ensino e aprendizagem.
 
Os alunos da escola secundária básica, Patrice Lumumba, conquistaram o primeiro lugar, já os alunos da escola de Bobô Forro e Desejada, também concorrentes, ficaram no segundo e terceiro lugares respectivamente.
O Centro de Cooperação Internacional do Ministério de Relações Exteriores de Israel (MASHAV) organizará o curso : IMPLEMENTAÇÃO DE UMA EDUCAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL em Israel de 14 de Outubro a 02 de Novembro de 2018. O curso será em espanhol e as inscrições estão abertas até o dia 06 de Agosto de 2018.
Este curso é destinado ao pessoal da educação do Ministério e Municípios, directores de escolas e universidades, coordenadores e supervisores, pesquisadores nas áreas relevantes ou ainda professores em instituições de formação de professores.
 
Os formulários para candidatura podem ser obtidos na representação diplomática de Israel em STP.
 
Aos candidatos seleccionados será oferecida, pelo Governo de Israel, uma bolsa de estudos que inclui pensão completa (estadia e alimentação) e seguro médico durante o periodo do curso. Caberá ao estudante suportar os custos de transporte aério e , quaisquer despesas pessoais.
 
Para mais informações os candidatos poderão enviar email para : Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

O governo japonês, junto a UNESCO, através do Fundo Japonês para o Desenvolvimento de Recursos Humanos, financia 10 bolsas de investigação para jovens investigadores nos seguintes domínios:

- Ambiente, na área de redução de riscos de catástrofes (RRC)

- Diálogo intercultural

- Tecnologias de Informação e Comunicação

- Resolução pacífica de conflitos

Os interessados deverão enviar a sua candidatura até ao dia 25 de Novembro do corrente ano para o seguinte endereço: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Para mais informações, consultar:

https://en.unesco.org/…/keizo-obuchi/insti…/apply-cycle-2018

Pág. 1 de 14

NOSSA LOCALIZAÇÃO

Ministério da Educação, Cultura e Ciência

Rua Samora Machel, Agua Grande 

CP 41 - São Tomé, São Tomé e Príncipe

Visite-nos

 

FALE CONNOSCO

Par qualquer informação ou solicitação dos nossos serviços.

Fale connosco aqui

Liga-nos +239 2223366 / 2226412

Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.