Notícias

Notícias (156)

O Ministro da Educação, Cultura, Ciência e Comunicação, Olinto Daio, participou nos dias 1 e 2 de Fevereiro, em Senegal, na conferência internacional sobre financiamento da educação. Na organização esteve a Parceria Global para Educação e contou com cerca de 10 chefes de Estados, 100 ministros e mais de 1000 participantes.Cerca de 55 estados membros da Parceria Mundial para Educação estiveram reunidos  na Conferência Internacional sobre o financiamento da Educação.

Segundo Olinto Daio,   os países membros da GPE  manifestaram o seu compromisso em apoiar a educação, já que o objectivo do milénio  prevê  um compromissso dos chefes de estados,   que no mínimo haja 20%  de alocação dos recursos para educação. "Nem todos países conseguem alocar esses recursos. Os países presentes, os chefes de estados, os países africanos que estiveram presentes,  manifestaram o seu interesse, o seu apoio para que no mínimo a esse 20%, 23%, 24% ou 27% de acordo com a situação e a realidade económica de cada país possam apoiar a educação.”  

O titular da pasta da educação, ressaltou  a importância do investimento  e frisou  que STP já beneficia do Fundo Global para Educação. "São Tomé e Príncipe,  nos últimos 10 anos tem dado importância financeira a educação, pois,  uma média de 27% do OGE são canalizados  para educação. São Tomé e Príncipe já vem beneficiando do financiamento  do Fundo da Parceria Global para Educação,” com o projecto em curso- Educação de qualidade para todos. 

Portanto, há uma  organização interna que  passa pelos objectivos claros e específicos espelhados na carta politica do actual governo. E a mesma carta será revista com novas metas, para que o país possa submeter a candidatura e através dela, continuar, a beneficiar dos 2.3 bilhões de dólares.

O Ministro da Educação, Cultura, Ciência e Comunicação, Olinto Daio, recebeu em aundiência, Joâo Redondo  Chanceler da Universidade Lusíada de Portugal, Liberato Moniz, Presidente da Universidade Lusíada de S.Tomé e Miguel Guereiro Professor da Universidade Lusíada de Famalicão.

O objectivo do encontro,  foi para dar a conhecer ao titular da pasta da educação o novo presidente da Universidade Lusíada de Portugal e ponderar outras    formas de cooperação . Ainda no encontro, Liberato Moniz, deu a conhecer ao ministro a assinatura de  um protocolo de cooperação  entre as duas universidades que prevê  a atribuição de mais bolsas de estudo para os melhores alunos de cada curso a fim de fazerem mestrado.

Introdução das empresas familiares, ou seja, como começar uma empresa de raiz para melhoria da economia do país, a criação de cursos temáticos para auxiliar essas empresas,  também foram assuntos debatidos neste encontro. 

Viu-se ainda a possibilidade de os alunos de São Tomé e Príncipe passarem a ter todas as mais valias que os alunos desta Universidade em  Portugal têm.  Projecta-se abrir a via de comunicação para que os alunos das duas instituições possam ter de igual modo acesso a todas as  biografias.

 

Questionado sobre o papel da Universidade Lusíada para a melhoria do ensino no país, Liberato Moniz disse que para atingirmos a melhoria da qualidade do ensino em STP  é preciso um certo rigor nas escolas- “ é preciso apertarmos o cerco para que as coisas possam ser feitas, para que a credibilização das nossas instituições possam ser verdadeiras “. O Presidente da Universidade Lusíada disse ainda que o MECCC tem sido um grande parceiro e que a Universidade Lusíada também tem feito o seu papel, mas, “ o governo não pode ter receio de fiscalizar” quando se trata do acesso de alunos ao ensino superior.  

O Ministério da Educação, Cultura, Ciência e Comunicação lança primeira pedra para obras  de ampliação e reabilitação da Escola Básica e Secundária de Desejada.

A iniciativa surge no âmbito da política do governo em alcançar  uma educação de qualidade para todos , diminuindo o rácio de alunos por  sala de aulas para que o processo de ensino\aprendizagem seja mais simplificado.

A ampliação e reabilitação desta escola engloba um campo desportivo, bancada desportiva e muro de vedação.  Usando da palavra, na circunstância, Olinto Daio ministro da educação, defendeu igualmente que esta ampliação da escola de Desejada é um ponto de apoio para o novo liceu do distrito de Lobata.
“Essa escola será também um ponto de apoio ao novo Liceu de Conde, como sabemos as obras estão avançadas e estará pronto no próximo ano lectivo. Esperemos que no próximo ano lectivo possamos ter aqui até 12º ano e aqui poderemos ter poucos alunos por turma, o que permitirá melhor qualidade de ensino e melhor aprendizagem”.

A escola de Desejada, actualmente alberga cerca de 1104 alunos, divididos em 18 turmas e para o próximo ano lectivo contará com mais 4 salas e espaços adjacentes, para fazer face a pressão demográfica.

A Direcção da Escola, bem como o Presidente da Câmara do distrito de Lobata,  alunos e encarregados de educação, na qualidade de beneficiários congratularam com esta iniciativa do MECCC. 

Policarpo Freitas, presidente da Câmara de Lobata, disse que essa construção vem reforçar a aposta do governo na educação “ isto vem reforçar o que está no programa do governo,  uma das apostas quer da Câmara, quer do governo é a  educação”.

Já Martinique José, Director da Escola disse que é certo que é uma mais valia  para a população de Desejada já que o excesso de alunos por sala constitui um problema para o processo de aprendizagem.  “ é certo que é uma mais valia para a população e um ganho que o governo dá a população visto que isto vai responder de uma forma afirmativa no que concerne ao rácio de alunos por turma e que vai ajudar bastante no ensino aprendizagem.”

Dulce Lima, Encarregada de Educação vê com bons olhos a iniciativa e agradece que estes gestos não parem por aqui. “ eu vejo como boa essa iniciativa para as crianças que estudam nessa escola e espero que isso não pare por aqui”.

 Portanto, dentro de 6 meses a escola de desejada contará com mais um edifício de dois pisos, com 4 salas de aulas, um auditório, uma biblioteca e salas de informática e dos professores, bem como espaços adjacentes.

O Ministro da Educação, Cultura, Ciência e Comunicação, Olinto Daio, recebeu  em audiência , o Ministro da Educação,  Desporto e  Presidente da Conferência dos Ministros da Educação e Desporto da CPLP, Tiago Brandão, Lino Miguel Teixeira-Adjunto do Ministro da Educação e Desporto e o Embaixador de Portugal.

A visita do titular da pasta da educação de Portugal, á São Tomé e Príncipe, surge no âmbito dos XIº Jogos Juvenis da CPLP a serem realizados de 21 a 28 de Julho em São Tomé e Príncipe.

Questões referentes aos preparativos para os jogos da CPLP estiveram no cerne do encontro.  No âmbito da estada no país, Tiago Brandão,  visitou o Liceu Maria Manuela Margarido, onde deverá decorrer a modalidade de  taekwondo e o Liceu Nacional que será requalificado para albergar cerca de 700 atletas.

 Outra questão abordada foi a possibilidade de reforçar  a  cooperação directa entre os dois ministérios.

O Arquivo Histórico acolhe nos dias 08 e 09 de Janeiro, seminário de formação sindical sobre o lema: Valorizar a educação e os seus profissionais para uma educação de futuro, em alusão a 11 de Janeiro - Dia Nacional dos professores e educadores de STP.

 Cerca de 140 delegados sindicais participam do seminário cujo objetivo, é a capacitação dos mesmos em função da nova dinâmica a nível da representação da classe que será implementada.

 O Ministro da Educação, Cultura, Ciência e Comunicação, Olinto Daio, presidiu a abertura do Seminário, sendo um dos quatro oradores contemplados para os dois dias com o tema “ Professores\ novas tecnologias e o seu impacto na educação ”.

 Segundo Gastão Ferreira, Secretário Geral do SINPRESTP,  esta é uma ferramenta fundamental para a capacitação dos delegados já que recai sobre o sindicato,  a preparação destes de forma a garantir a promoção de uma educação de qualidade.

Em relação ao dia Nacional dos professores, que se comemora no próximo dia 11 de Janeiro,  Gastão Ferreira, encorajou os docentes a trilharem com afinco a carreira docente já que cabe a estes  juntamente com o MECCC e o governo a promoção de uma educação de qualidade. “Tenham esperança, sejam fortes, é possível nós em conjunto proporcionarmos ao país uma educação de qualidade porque uma educação de qualidade faz-se de mãos dadas. “ frisou o Secretário Geral do SINPRESTP.

 

 

O Ministro da Educação, Cultura, Ciência e Comunicação, Olinto Daio, presidiu na manhã de quinta feira, 4 de Janeiro,  a cerimónia central das actividades comemorativas  do considerado percursor da luta de libertação e da independência de São Tomé e Príncipe. Durante a cerimónia, Olinto Daio, fez a deposição de flores no busto do Rei Amador , ladeado por Albertino Bragança, que propôs junto dos seus pares da Assembleia Nacional enquanto deputado, o reconhecimento do dia 4 de Janeiro como o Dia do Rei Amador e pelos directores centrais do MECCC. 

 

No seu discurso, Olinto Daio, anunciou a inauguração de um monumento “de maior dimensão” , em homenagem ao Rei Amador para Abril, o mês da cultura em São Tomé.

 “ A nossa esperança é que no mês de Abril tenhamos pronto, o monumento com maior dimensão em honra do Rei Amador” frisou o titular da pasta da Cultura.

Rei Amador foi o líder da grande revolta de escravos que teve lugar nos finais do século XVI.

A citada revolta perpetrada por Amador, rei de combatentes, em 9 de Junho de 1595, cujas forças marcharam sobre a capital são-tomense, abriu precedência para que, no ano seguinte, o mesmo fosse preso e executado publicamente. Por essa razão, desde 4 de janeiro de 2005, a data tornou-se feriado nacional, em homenagem ao aludido rei.

 

 

 

 

 

O Ministro da Educação, Cultura, Ciência e Comunicação, Olinto Daio, visitou na manhã da passada quinta feira, dia 3, as escolas , Patrice Lumumba e Liceu Nacional , Distrito de Água Grande . Uma visita que possibilitou o titular da pasta da educação ver o funcionamento do Sistema Integrado da Gestão Escolar no acto da matrícula. Através do SIGE, que já está em funcionamento, os pais e alunos poderão acompanhar de perto a situaçao escolar destes, pois, todos as informações dos alunos estarão no sistema, o que facilitará ainda o processo da matrícula. Segundo Olinto Daio “ Todos os dados dos alunos estão no sistema” o que representa um avanço a longo prazo no âmbito da implementação das tecnologias nas escolas. O Sistema Integrado da Gestão Escolar permite a completa integração da gestão entre a escola, alunos, professores, pais e responsáveis. Possibilitando que a digitação de notas, emissão de boletins, controle financeiro, fase de matrícula, entre outras, seja convenientemente disponibilizadas, com a grande vantagem da mobilidade de acesso, já que os sistemas são baseados na web. Dispondo já destas informações, os alunos no acto da matrícula, mostraram-se satisfeitos e asseguraram que o processo já não é o mesmo.
Nesta segunda feira, dia 31 de Julho do ano em curso, terminou as provas que foram submetidas aos novos candidatos para ingressar na comunidade educativa, como educadores de infância, professores do ensino básico e do ensino secundário para este novo ano lectivo 2017/2018. O Ministério da Educação, Cultura, Ciência e Comunicação para fazer face as necessidades educativas, levou a cabo mais um processo selectivo de docentes para diversos níveis educativos, neste âmbito realizou-se as provas aos concorrentes que teve o inicio na passada quinta feira, dia 27 á 31 de Julho. Ao todo participaram 326 candidatos e foram submetidos a teste Pedagógico, de Cultura Geral e diversas áreas específicas das quais fazem parte do currículo escolar de São Tomé e Príncipe, de acordo com as vagas existentes e as preferenciais dos candidatos.
Terminou na passada sexta feira no Arquivo Histórico de São Tome e Príncipe, dia 28 de Julho, uma formação sobre a Melhoria de Gestão Escolar e o Planeamento Estratégico. A referida formação foi ministrada durante duas semanas pelo formador Jorge Caldeira. A primeira semana foi dirigida aos Directores das escolas com os conteúdos sobre a Melhoria da Gestão Escolar, e a segunda semana dirigida aos Técnicos do Ministério da Educação, Cultura, Ciência e Comunicação de são Tomé e Príncipe. Foram contemplados um total de 59 formandos.
O Arquivo Histórico de São Tomé e Príncipe acolhe de 17 a 28 de Julho de 2017 uma formação em Plano de Melhoria de Gestão das Escolas e Planeamento Estratégico para Directores das Escolas e Técnicos do Ministério da Educação, Cultura,Ciência e Comunicação. Esta formação tem sido ministrada pelo formador Jorge Caldeira e é dirigida para cerca de 26 directores das escolas, jardins e creches foram contemplados com esta formação que visa a melhoria da qualidade de ensino no país.
Pág. 1 de 12

NOSSA LOCALIZAÇÃO

Ministério da Educação, Cultura e Ciência

Rua Samora Machel, Agua Grande 

CP 41 - São Tomé, São Tomé e Príncipe

Visite-nos

 

FALE CONNOSCO

Par qualquer informação ou solicitação dos nossos serviços.

Fale connosco aqui

Liga-nos +239 2223366 / 2226412

Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.